GMK
Português Español
Bom Dia, 24/04/2014
Notícia
Importantes informações para usuários da nova Anti-Gliadina(GAF-3X) ELISA
15/09/2008
 

Anticorpos anti-gliadina no diagnóstico de doença celíaca e dermatite herpetiforme:
importantes informações para usuários da nova Anti-Gliadina(GAF-3X) ELISA

 

O ensaio Anti-Gliadina(GAF-3X) ELISA é usado para a determinação de anticorpos anti-gliadina no diagnóstico sorológico de enteropatias glúten-sensíveis e dermatite herpetiforme (DH). No centro deste novo desenvolvimento há um desenho de antígeno feito no estado da arte, no qual a superfície imunológica reativa é criada artificialmente. Trata-se de uma fusão de peptídeo análogo à gliadina, recombinante, que produz uma reação positiva quase exclusivamente em pacientes com doença celíaca e DH, e não em pessoas saudáveis ou pacientes com outras doenças gastrointestinais (Schwertz, Mothes et al 2004, Clin Chem 50:2370; desenvolvido pela EUROIMMUN: Probst et al. 2007, DE-OS 10 2007 025 291.0).

 

Características especiais para o novo substrato antigênico

 

A fusão de peptídeos consiste em dois componentes: um fragmento artificial de gliadina análoga nonapeptídeo, que foi empiricamente selecionada entre milhares de variantes artificiais com respeito às suas reações em soros de doença celíaca, e uma seção de nonapeptídeos de gliadina digerida que foi deamidada por transglutaminase (glutamina e ácido glutamínico). Esta seção é talvez patofisiologicamente relevante para a doença celíaca e não atinge mais do que 2% do tamanho total da gliadina. Os 98% restantes da molécula não são usados no teste ELISA – lastro imunológico que serve predominantemente como alvo para reações não específicas. Isso explica o grande aumento em especificidade para a Anti-Gliadina (GAF-3X) ELISA. Além disso, a construção é expressa em trímeros com o objetivo de aumentar a receptividade do teste.

 

Comparação dos resultados
 

 

No painel de doença celíaca de Prause et alii (10º Workshop de Auto-anticorpos e Auto-imunidade, Guadalajara, México, 2008) a Anti-Gliadina (GAF-3X) ELISA mostrou sensibilidade de 83% (IgA) ou de 95% (IgG), cada uma com 95% de especificidade (anti-gliadina ELISA convencional: 54% para IgA e 31% para IgG). Em um grupo de pacientes com DH (36 pessoas) o teste marcou sensibilidade de 83% (IgA) e de 78% (IgG) e houve, portanto, quase 30% mais sensibilidade do que a anti-gliadina ELISA convencional (sensibilidade IgA = 55%, IgG = 50%).

 

A determinação de anticorpos anti-gliadina IgG com testes convencionais é inútil para o diagnóstico de doença celíaca, já que um quarto da população normal reage positivamente com a IgG. Atéo presente os clínicos tiveram que confiar somente em IgA, fazendo com que percam pacientes com deficiência seletiva de IgA – uma situação associada à doença celíaca com uma freqüência acima da média. Com a Anti-Gliadina (GAF-3X) ELISA geralmente é suficiente investigar apenas a imunoglobulina de classe IgG. Desta forma, pacientes com doença celíaca que possuem deficiência de IgA também são detectados.

 

 

Conseqüências importantes para a rotina dos laboratórios

 

Em comparação aos testes convencionais, houve inúmeras divergências com a nova Anti-Gliadina (GAF-3X) ELISA no painel de Prause et al:

 

1) devido ao aumento da sensibilidade, muitos soros anteriormente negativos reagiram positivamente (exemplo 1) ou valores mais altos foram obtidos (exemplo 2). O aumento de valor das porcentagens, algumas vezes, mostra grandes diferenças de soro para soro.

 

2) devido ao aumento de especificidade, houve em alguns casos a diminuição de valores (exemplo 3), ou soros anteriormente positivos reagiram negativamente no novo teste (exemplo 4).

 

Assim, ao utilizarmos o novo teste Anti-Gliadina (GAF-3X) ELISA da EUROIMMUN, com maior sensibilidade e especificidade, devemos atentar para o aumento ou diminuição dos valores obtidos em ELISA tradicional. Isto não deve ser interpretado num primeiro momento como reforço ou declínio na atividade clínica da doença. O desvio pode também variar em intensidade de caso para caso. Para qualquer dúvida consulte os técnicos da GMK, sempre à sua disposição.

 
Postada por: GMK Diagnósticos

Voltar para Lista

 

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS A GMK - TELEFONE (51) 3328 7412